top of page
  • Foto do escritorMarcio strzalkowski

Batman - O Cavaleiro das Trevas

Existe um grande motivo para que comunistas/socialistas e outros tantos bandidos tenham medo de pessoas que reagem contra a criminalidade. Os Reacionários! Lógico, reacionários são as pessoas que condenam e se opõem contra a corrupção, contra a criminalidade e a injustiça. O jornalista que denuncia o crime e a corrupção é um reacionário! O policial que investiga e prende é um reacionário! O cidadão comum que vota contra a corrupção é outro reacionário e aqui chegamos ao exemplo quase fictício do cidadão que luta diretamente contra a injustiça.


E quem melhor para demonstrar o que é um reacionário do que o Batman?


Batman: O Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight) 2008

Dirigido por Christopher Nolan

Escrito por Christopher Nolan e Jonathan Nolan


Quando eu falo sobre Batman - O Cavaleiro das Trevas ser um filme machista, estou falando exatamente do fato de ser um filme feito de homens para homens. Mostrando o ponto de vista masculino e os questionamentos sobre a atitude e os valores que definem um homem até hoje. Um ideal heroico e romântico de um homem com valores e virtudes para fazer a diferença contra a injustiça.


Qual o melhor que eu posso dar sobre reacionários do que o exemplo do melhor filme da primeira década deste novo milênio? O Cavaleiro das Trevas é um filme que já começa com uma cidade afundada na corrupção e governada pela máfia. Começando o filme com um crime arquitetado por um novo tipo de criminoso. Um criminoso que não pode ser convencido, não dá valor nenhum a vida humana e cujas metas são a total implantação do caos. Um verdadeiro agente do Caos:



O Coringa.

E o Coringa é o inimigo que ninguém entende com clareza e que chegou na sua cidade na calada da noite para vender seus serviços para quem pagar mais. A sequencia onde o Coringa é apresentado ao público é o cartão de entrada do filme. Se no aspecto técnico temos uma sequencia feita em IMAX para o cinema, por outro lado temos uma sequencia onde bandidos invadem um banco extremamente tensa e misteriosa.


E então as revira voltas começam quando se descobre que o banco pertence a máfia e que cada bandido tem ordens de matar uns aos outros. Revelando a imprevisibilidade dos planos do Coringa.

Interpretado com força por Heath Ledger, que mereceu a premiação do único Oscar póstumo da história da academia!


O Cavaleiro das Trevas

Batman neste filme tem a sua melhor interpretação no cinema.

Isso por causa de Christian Bale, que deu tudo de si inclusive fazendo quase todas as cenas de ação.

E aqui, Batman faz questão de ser um estrategista que ataca os bandidos com tudo.

As cenas de luta são feias com lutas rápidas, brutais e certeiras.

E suas táticas deixam até os mais altos escalões da máfia completamente apavorados.



Harvey Dent

Um novo promotor público surge em Gotham City com a coragem que Batman proporcionou a cidade.

interpretado por Aaron Eckhart, Harvey Dent conseguiu a proesa de denunciar grandes mafiosos e

ainda continuar vivo. Sendo um exemplo heroico de um promotor que não pode ser corrompido e

nem se entregar ao medo.


James Gordon

Interpretado por Gary Oldman, o Comissário Gordon faz parte do time a favor da lei

que precisa fazer uso de todos os meios possiveis para conseguir vencer a Máfia.

Representando um dos poucos policiais honestos em Gotham City. Gordon tem que lidar

com a corrupção dentro da própria policia.



Rachel Dawes

Diferente das besteiras que as feministas dizem, filmes machistas sempre tem herois

que respeitam as mulheres. E mais do que isso, filmes machistas como este fazem questão

de construir personagens femininas interessantes. Interpretada pela talentosa

Maggie Gyllenhaal, Rachel Dawes atua como dois clichês ao mesmo tempo.

Primeiro que ela é a voz da razão no filme e segundo que ela é o coração do guerreiro.


O medo

A máfia enfrenta um inimigo que representa o cidadão que está cansado do crime e da violência. Um símbolo incorruptível, implacável e que eles mesmos não conseguem tocar. Batman é um personagem que consegue colocar medo até nos mais violentos criminosos de Gotham. Ele é o motivo para até os grandes chefões da máfia apenas se reunirem de dia. E no seu medo, um novo tipo de criminoso se apresenta a eles propondo um serviço: Matar o Batman.

De fato: Toda a cena onde o Coringa se apresenta para os chefões da Máfia é extremamente tensa e merece seu lugar na história do cinema. Uma das cenas mais simples e brutais que mostram o caráter do Coringa é

uma famosa cena do truque de esconder o lápis.


Gotham é uma cidade que está aos poucos se re erguendo de esperança como um 26 de Outubro de 2014 onde o Brasil teve chances de se livrar da máfia. Existe um promotor público e sua campanha é enfrentar a Máfia pela lei mesmo sabendo que a cidade está nas mãos da corrupção. E sua cruzada o força a juntar forças com o Detetive Gordon, cujo gabinete está cheio de policiais corruptos.

E o plano da máfia é enviar todo o seu dinheiro para a China com um consultor que não pode ser extraditado. O plano da Máfia dá certo e a máfia sai livre.


O desespero total da Máfia

O plano da máfia dá tão certo que obriga a união entre o promotor Harvey Dent, o chefe Gordon e Batman.

E o plano arquitetado pelos três é que Batman vá para a China capturar o consultor da máfia em um plano arriscado. Com o consultor em Gotham City, Dent poderá extrair as informações para poder colocar os grandes da máfia na cadeia.


Com isso, Batman faz todo um plano:

- A sua empresa faz planos apenas para ver os livros da empresa do consultor.

- Batman tem um plano para invadir o prédio e pegar o consultor espancando todo mundo.

- Sair de lá de uma forma surpreendente.

- E lógico, faz parte do plano namorar bailarinas russas!


Em uma cena de ação de tirar o fôlego, Batman entra no prédio em Hong Kong, espanca todo mundo, captura Lao e parte para Gotham City onde Gordon e Dent tem todo um plano para fazer o consultor falar.

E quando Lao resolve falar, o plano vai para as alturas: São mais de 500 criminosos presos!

Um record que nunca vi em nenhum outro filme baseado em quadrinhos!


E no desespero da máfia, eles resolvem contratar o Coringa!



O Agente do Caos

A partir do momento em que o Coringa resolve agir contra Batman, ele age como uma verdadeira

força da natureza! A começar pelo grande diferencial do Coringa.

Ele é um verdadeiro vilão de um filme de terror! Assustador e ao mesmo tempo com planos mirabolantes sempre voltando as pessoas umas contra as outras. E isso faz o filme ficar imensamente tenso.

E desde o começo, os planos do Coringa sempre envolvem a capacidade de matar qualquer pessoa inocente que atravessar o seu caminho. O Coringa é um terrorista cujo maior objetivo é sempre se divertir.

Um conceito aterrador capaz de enlouquecer qualquer pessoa.


Lógico, não vou contar o filme pois quero que você o assista nem que seja pela centésima vez.

Mas vou chamar a atenção para assuntos interessantes que o filme propõe...

Existe a dualidade na lei pois poucos policiais e agentes são realmente honestos. E aqueles que são honestos são obrigados a viver com medo. O que gera atrito imediato entre Gordon e Harvey Dent pois ambos estão cercados de corruptos. E mesmo assim dependem um do outro para continuar na luta contra o crime.


Toda a situação do filme é sobre o quão difícil fazer a coisa certa enquanto o resto do mundo consegue fazer as coisas mais horríveis apenas porque são mais fáceis. Batman tem imitadores que se vestem como ele, mas usam armas e matariam cada bandido se tivessem uma chance. De fato, Batman entra em cena lutando contra o crime e evitando linchamentos. A atitude de um verdadeiro reacionário!


E outras questões fazem exatamente parte daquilo que define o cidadão que questiona e possui uma atitude contra o crime. Como questionar leis feitas para proteger o crime. O que leva Batman a capturar um bandido em outro pais contra as leis do próprio. E que se foda a China pois ninguém é obrigado a concordar com uma lei ou decisão judicial que beneficia criminosos. Existem leis que protegem as pessoas inocentes e existem leis que protegem os criminosos.

Até demais...



E mais do que isso, o Coringa adora fazer as pessoas se questionarem se é correto matar alguém pelos mais diferentes motivos. Como jogar um taco de sinuca quebrado para dois homens e obriga-los a lutar até a morte. O Coringa adora jogar dilemas morais no colo das pessoas. Usar os medos e o caos para dar uma visão de que a violência é justificada. Necessária até. Existe toda uma questão apresentada no filme sobre justificar a morte. Você mataria para sobreviver? Você mataria um amigo se fosse ameaçado como quando ele pediu a cabeça de Harvey Dent para Gotham? Você mataria um escroto qualquer se um hospital fosse ameaçado? Você mataria um monte de criminosos e um monte de inocentes para se salvar?

Estes são alguns dos jogos do Coringa contra as pessoas...



E o filme é exatamente um exercício de questionamento sobre certo e errado. Sobre os limites entre certo e errado. Entre lei e justiça. Entre esperança e caos. E o Coringa é praticamente uma força da natureza que leva o caos ao máximo no coração das pessoas...



Batman - um herói no limite Mais de 10 anos da estréia de O Cavaleiro das Trevas e eu não tenho medo de dizer que Batman é o único heroi que realmente seria capaz de deter o Coringa. E não estou falando em simplesmente lutar contra o Coringa, mas de enfrentar as armadilhas e planos que o Coringa executa em Gotham. Outros tantos heróis que vieram para o cinema em todo esse tempo infelizmente jamais seriam capazes de enfrentar as situações que o Coringa propõe no filme. Fica fácil imaginar heróis mais fortes e poderosos que o Batman sendo despedaçados pelos planos do Coringa. Nas mesmas situações de Cavaleiro das Trevas, poucos personagens seriam capazes de encontrar ou prever os planos do Coringa e muito menos aguentar o peso de falhar. Fica facíl imaginar personagens como o Homem Aranha, o Super Homem e o Capitão America chorando e desistindo sem conseguir salvar ninguém. Ou o Homem de Ferro apavorado de medo se entregando para evitar mais mortes ou mesmo o Wolverine se corrompendo por completo. Batman foi até o seu limite neste filme! Tanto fisicamente quanto psicologicamente. Com certeza é o melhor filme que eu vi na minha vida e merece que eu não poste nenhum spoiler sobre o mesmo... E qual a opinião de vocês sobre este filme?


Por Marcio Strzalkowski

Força e Honra!




Posts recentes

Ver tudo

תגובות


bottom of page