top of page
  • Foto do escritorMarcio strzalkowski

Resgate


Filmaço machista do tipo que Chuck Norris estaria fazendo se não tivesse completado 80 anos, se não tivesse se aposentado e não tivesse derrotado nada menos que dois ataques cardíacos fulminantes no período de 47 minutos! E sim, Chuck Norris derrotou dois ataques cardíacos fulminantes!

Filme dos Irmãos Joe e Anthony Russo, responsáveis por três dos maiores Blockbusters da atualidade. Capitão América – Guerra Civil, Os Vingadores – Guerra Infinita e Vingadores Ultimato! E contrataram Sam Hargrave, com 15 anos de experiência em direção de dublês para fazer este filmaço!


O Resgate (Extraction 2020)

Dirigido por Sam Hargrave

Escrito por Ande Parks, Joe Russo, Anthony Russo, Fernando Leon Gonzalez e Eric Skillman


Na história, temos o menino Ovi Mahajan Jr, interpretado pelo ator indiano Rudhraksh Jaiswal, filho de um poderoso chefão do crime que está na cadeia. O garoto sofre com problemas normais de um adolescente que quer namorar uma menina do colégio e os amigos que o ajudam. Tanto que um amigo oferece um beck para Ovi ficar mais relaxado e poder falar com a menina. Hora em que ele é sequestrado pelo maior inimigo de seu pai!

E no desespero, precisam contratar uma equipe com o único mercenário capaz de fazer a extração correta do menino! Entra em cena o mercenário Tyler Rake, interpretado pelo ator Chris Hemsworth que interpretou o Thor!


Alguns poucos segundos para definir um personagem

O modo como conhecemos o personagem central deste filme é interessante. Seus amigos estão na beirada de um lago com uma queda de 30 metros de altura. Uma queda dessa altura faz com que o impacto do ser humano na água seja igual a cair no concreto. E então o personagem central simplesmente acorda no meio de seus amigos e se joga na queda de 30 metros!

Após a queda, temos pouco menos de um minuto para entender perfeitamente o personagem sem nenhuma palavra!

Tyler Rake simplesmente fica no fundo do lago sentado. E neste momento o personagem pode ser visto em paz consigo mesmo até que pequenas imagens de uma criança começam a aparecer na tela. É um menino pequeno na praia. A face do personagem vai da felicidade de se lembrar da criança até uma expressão de tristeza pura. E em poucos segundos entendemos perfeitamente o personagem.


O respeito as mulheres

Todos os meus cinco leitores sabem como amo de paixão explicar como filmes machistas são os que mais respeitam as mulheres. Criando ótimas personagens. Neste filme, temos a personagem Nik, interpretada pela bela atriz Golshifteh Farahani. Golshifteh Farahani é uma atriz iraniana de imensa coragem. Já que desafiou a Shaaria Islamica ao posar de forma indecente no lançamento do filme Rede de Mentiras com Leonardo de Caprio! Ela posou com cabelos soltos e ombros desnudos! Um crime para os islamicos!


Ao voltar para casa, teve passaporte aprendido e foi interrogada até ser expulsa do Irã. Revoltada, foi para a França onde posou nua, pelada e sem roupa!

No filme, Nik claramente é uma figura de companheirismo que se importa com Tyler.

É ela que consegue o trabalho para ele, que monta a equipe de resgate e intermedia toda a negociação com o responsável pela segurança do menino Ovi.


Estourando o cativeiro

E então, Tyler vai até a cidade de Daca, Bangladesh negociar com os sequestradores. Ele precisa de uma prova de que o menino está vivo.

E mais uma vez temos uma cena com menos de um minuto de duração que explica perfeitamente o personagem principal dessa bagaça!

Quando insiste em saber se o menino está vivo, um dos sequestradores simplesmente coloca uma arma na testa de Tyler para que ele deixe de se preocupar com o menino, senão iria puxar o gatilho. Tyler insiste e o sequestrador simplesmente puxa o gatilho. O que impressiona o sequestrador pelo fato de Tyler nem mesmo piscar.

A ação toda ocorre em pouco menos de um minuto e mostra exatamente o tipo de caráter do personagem.

Tyler então pode ver o menino vivo e é escoltado para fora do cativeiro. Imediatamente ao lado de fora, reage contra os homens que o estavam escoltando, mata um homem de forma silenciosa, pega a sua AK-47 e volta. Vai começar a porrada de verdade!


Começa a Ação

Para explicar esse filme, posso dizer que os diretores de Três dos melhores filmes da Marvel contrataram o diretor de dublês para trabalhar muito duro e entregar cenas de ação sem parar que em nenhum momento usam câmeras caóticas ou cortes rápidos. As cenas de ação literalmente não param e é possível ver claramente todos os detalhes na tela!

Temos uma cena de ação de tirar o folego e feita no melhor estilo da Marvel. Porém com muito, muito sangue e violência!

Temos tiroteio, porrada, facadas, sequestradores sendo jogados como bonecos de pano, coreografia, sangue voando e ao final, Tyler confronta o último sequestrador. Um menino assustado segurando uma arma de forma desajeitada. Mas ao invés de matar a criança, Tyler calmamente toma o seu rifle e o deixa fugir. Outra vez, outra cena de menos de um minuto que define o personagem.


Traição

Depois de estourar o cativeiro, Tyler leva o menino Ovi para um barco onde vai ocorrer a extração com sucesso. Neste barco, ocorre a traição do filme. A Equipe é eliminada por um único homem e isso inicia uma das melhores perseguições de carro da história. São mais de 11 minutos de filme onde a ação literalmente não para e a edição mostra tudo como uma única tomada! Culminando em um tiroteio de dar gosto e uma ótima cena de briga de faca!


Normalmente eu não conto spoilers, mas como você precisa ver o filme para saber quem é o ator Randeep Hooda, então posso contar as barbaridades que ele faz em tela! Seu personagem é bem foda! Ele mata sem dó, dirige feito maluco atrás de Tyler e Ovi, mata sem piedade e bate de frente com Tyler até na briga de faca!

E este confronto coloca a cidade inteira em pé de guerra onde todos ficam presos na cidade e precisam se esconder.


Um filme de ação com alma

O motivo pelo qual eu gostei muito deste filme é justamente o fato de que todos os personagens possuem duas faces distintas e isso os define de forma profunda. A começar exatamente pela relação de Tyler e Ovi, que vai do simples compromisso profissional de Tyler até a confiança.


Quando Ovi tem a idéia de ser apenas um trabalho até entender que pode confiar em Tyler.

Isso se dá quando entendemos o arco de Tyler. O personagem se sente culpado por não ter estado ao lado de seu filho de 6 anos que morreu de linfoma. E isso explica porque o personagem se entrega de forma insana a atividades que o colocam perto da morte. É porque ele entende que morrer é se reencontrar com o amado filho. Assim como proteger Ovi é o que entende como redenção de sua vida.


Amizade e Tentação

Tyler só pode contar com um amigo em Daca, Gaspar, interpretado por David Harbour. Gaspar é um grande amigo que consegue que Tyler e Ovi tenham uma noite de sono, banho, tratar ferimentos e ainda por cima a saída fácil da cidade.

Só tem um problema. Gaspar só pode livrar a cara de Tyler em troca de matar o garoto.

E isso faz com que Tyler tenha que escolher rápido sobre o que pretende fazer. Desistir do garoto, aceitar a saída fácil e viver OU fazer tudo do jeito difícil?


A motivação de um traidor

Já falei de Randeep Hooda sem explicar quem é o seu personagem na trama. Mas antes do final do filme, temos uma simples cena que mostra porque ele fez as coisas. E é quando ele liga para a sua esposa para explicar que ela deve fugir se ele morrer.

Sua família foi ameaçada e ele fez coisas horríveis simplesmente por desespero.

A sequencia ainda vai além e mostra ele falando com seu filho pequeno ao telefone onde a criança nem mesmo desconfia que talvez seu pai esteja se despedindo dele. Inocente de tudo a sua volta. Outra vez, em menos de um minuto podemos ver o que seria o vilão da história se despedindo de seu filho, deixando um beijo amoroso de um pai no telefone e chorando por isso!


O Verdadeiro vilão da história

Amir Asif, interpretado por Priyanshu Painyuli, senhor do crime em Bangladesh. Vilão que orquestrou o sequestro de Ovi e que sua primeira aparição no filme o mostra descansando enquanto seu capanga joga uma criança de cima de um prédio por roubar dinheiro do crime!

Amir Asif é um vilão tão cruel que a seguinte ordem a dar para os meninos é encontrar Tyler o Ovi. Mas não sem antes exigir os dedos de outro menino ladrão.

E sua crueldade vai colocando mais e mais capangas na trama onde a própria policia e exercito obedecem as suas ordens. O que garante ação constante e os tiroteios de tirar o folego.


Não é o fato de cair no rio que te mata. O que te mata é continuar no fundo.

A partir deste ponto, serei malvado e não contarei o final do filme. Recomendo a todo mundo este filmaço da porra! Ação de primeira, uma boa história e muita violência.


Por Marcio Strzalkowski

Força e Honra!



Posts recentes

Ver tudo
bottom of page