top of page
  • Foto do escritorMarcio strzalkowski

Os Croods


Os Croods (The Croods 2013)

Dirigido por Kirk DeMicco e Chris Sanders

Escrito por Chris Sanders, Kirk DeMicco e John Cleese de Monty Python!


Animação no padrão Dreamworks sobre uma família pré-histórica e suas desventuras. O longa tem uma apresentação primorosa de animação. Faz questão de apresentar animais completamente inventados para o filme, muitos com visual estonteante. Apresenta as vozes originais do Mestre Nicolas Cage, Ryan Reynolds, Emma Stone, Catherine Keener, Clark Duke e Cloris Leachman. E agora, todos os meus cinco leitores já devem ter percebido o motivo de eu estar escrevendo sobre este filme que não fez lá muito sucesso quando lançado. Mas para quem está curioso. Este é um filme essencialmente machista e merece um review machista!

O Machismo pré-histórico

Desde os primeiros minutos de filmes temos um pai machista que se mostra sempre disposto a enfrentar todo tipo de perigo pelo bem de sua família! Mesmo que ele seja atrapalhado, burro e seja alvo das melhores piadas pastelão do filme: Absolutamente todas as oportunidades que ele tem de proteger a sua família são tomadas! Toda a sua força e coragem vem do amor a sua família e isto é machismo!

Grug Crood é interpretado pelo Mestre Nicolas Cage que se especializou em filmes podreira mesmo sendo um dos atores mais talentosos de Hollywood. Ele interpreta um pai super protetor em um mundo onde a morte é realmente constante. Tudo bem que um pai super protetor seja o básico para criar um ambiente onde sua filha adulta queira sair pelo mundo e viver grandes aventuras, mas o filme se passa na pré-história e todos os medos e mortes horríveis são uma realidade.

Logo, o comportamento do patriarca super protetor e machista é completamente valido.


Curiosidade e aventura

Durante a noite, Grug, o patriarca, leva todos sempre para cavernas onde pode trancar a entrada e manter todos a salvo. O que deixa a sua filha mais Eep, interpretada pela atriz Emma Stone, muito descontente sobre sobreviver. Ela quer aproveitar o sol mais um pouco mesmo que arrisque a própria vida.


Durante a noite, Eep percebe que existe algo do lado de fora. Algo completamente desconhecido que a faz sair da segurança da caverna e desvendar o que tem do lado de fora. E assim ela conhece o fogo. E mais do que o fogo, Ela conhece o jovem Guy, que tem a voz de Ryan Reynolds. E ele explica a ela que o fim do mundo está chegando! Com direito a terra se abrindo e saindo fogo e lava para destruir tudo. Seu plano seria ir para as montanhas mais altas. E claro, convida Eep para ir com ele.


Mas Eep não pode ir com ele. Fazendo com que ele se despeça e a deixe sozinha no escuro da noite. Apenas para ser achada por seu pai Grug, que mais uma vez salva a sua vida sem nenhum tipo de agradecimento.


Terremoto

No outro dia, existe grande comoção enquanto Eep conta o que aconteceu durante a noite. E no entanto, pela primeira vez os Croods veem o chão tremer. Tudo treme e existem desmoronamentos. Uma das cenas mais machistas mostra quando o Patriarca salva a sua família abraçando a todos em um lugar seguro enquanto usa seu próprio corpo para protegê-los.


E aqui eu vou explicar a minha experiência pessoal pela qual passei em 2007. Dois assaltantes me renderam em casa junto com minha mãe, meu irmão mais novo e minha linda sobrinha de 6 anos dentro de nossa casa. Apontaram armas para a minha família e tudo o que eu podia fazer era realmente abraçar a minha família ficando na frente das armas do exato modo como é apresentado neste filme! Os assaltantes mandaram eu e minha família nos deitarmos no chão e eu fiz questão de proteger a minha família exatamente como apresentado neste filme. Apontaram uma arma para a cabeça de minha mãe e eu só pude colocar a minha cabeça na frente. Apontaram uma arma para meu irmão e eu o puxei para debaixo de mim. Protegi a minha sobrinha com meu próprio coração naquela noite. E entendo perfeitamente o que este personagem fez.


Novas Aventuras

O terremoto destruiu a caverna que os Croods usavam como lar, mas abriu caminho para uma floresta cheia de novas aventuras. E é importante explicar como os produtores deste longa metragem resolveram viajar na criação de novos animais imaginários! Tem tartaruga voadora, baleia terrestre, corujas que se comportam como leopardos, um enorme gato dentes de sabre com pelos verdes e muitas outras criaturas com visual deslumbrante.


Nem preciso explicar que essas novas aventuras todas envolvem riscos de morte iminente! Um dos problemas vem na forma de pássaros que atacam como se fossem piranhas dos céus! Os quais tem aversão natural ao fogo! E é nessa hora que aparece Guy para salvar a família utilizando sua tecnologia mágica! E é obvio que interagir com os Croods causa muita dor em Guy, além de deixar os Croods brincarem com o fogo deixa um enorme incêndio.


Por fim, sem uma caverna e com medo dos próximos terremotos, a família decide seguir o conselho de Guy e ir para a montanha mais alta. Transformando o filme em uma jornada. Um Road Trip sem estrada e sem carros.


O Respeito a Família

Toda verdadeira história sobre machismo envolve respeito a família. Grug, o patriarca, ama e protege a sua família incondicionalmente. Assim como existe a questão da família em relação a Guy, por quem a filha mais velha Eep se apaixonou.


O filme mostra exatamente o contraste entre os Croods que possuem uma verdadeira estagnação de ideias e Guy, que é inteligente e inventa coisas novas. Tanto família quanto público se depara com coisas novas a toda hora.


Mas a ideia de manter a família junta ainda é importante.


As duas lições desse filme

O filme apresenta de forma descontraída duas lições de moral antagônicas. O Patriarca machista Grug que só quer proteger a sua família de tudo o que ele desconhece e a visão de Guy sobre conhecer o mundo e sempre tentar coisas novas.


O problema é que o filme não explica onde ambas as visões estão certas e onde estão erradas. O Patriarca machista quer proteger a família, mas sua família não consegue aprender coisas novas. Por outro lado, Guy acaba se arriscando demais para aprender coisas e isso é péssimo quando ao lado de pessoas sem nenhuma instrução como os Croods.


Mas calma, vou te ajudar com as lições que você deve se sentar e conversar com seus filhos.

Uma pessoa que abre mão de sua liberdade para ter segurança, não merece nem liberdade e nem segurança. Assim como que abre mão da segurança para ter liberdade, perderá ambas!

Portanto, a lição a se ensinar é que primeiro devemos garantir a nossa segurança, e dentro da segurança teremos verdadeira liberdade!


Cavalheirismo não funciona com todas

Aqui temos um perfeito exemplo de uma personagem feminina para quem o machismo e o cavalheirismo não funciona. A grande sogra é uma piada ambulante. Não conseguiria tratar o patriarca bem nem se sua vida dependesse disso, mal consegue ser grata por todas as vezes que Grug salvou a sua vida e com sérios desejos de canibalizar as crianças. A piada recorrente é justamente que ela odeia Grug. E mesmo assim, todas as vezes que ele salvou toda a sua família, ele a segurou junto!


Valendo a lição de vida de que não é vergonha nenhuma para um homem manter pessoas como essa sogra longe. Na verdade se tratando de uma liberdade. Machismo também significa respeito próprio para qualquer homem.


O Machismo final

Uma das sequencias mais hilárias do longa é simples e curta. Mostra Grug e Guy presos no piche de forma que nenhum dos dois conseguiria sair sozinho. Mas graças ao gerador de ideia de emergência, uma pedrada na cachola, Guy tem a ideia de fazer uma imitação de Gata Dentes de Sabre das Cavernas para fingir que está presa e pedir ajuda ao Gato Dentes de Sabre das Cavernas para que seus instintos mais machistas o façam ajudar a fêmea!

Exatamente o que ele faz!


Essa sequencia do Gato Dentes de Sabre abre espaço para outro momento memorável do filme. Onde os Croods ficam inevitavelmente presos graças aos terremotos. Neste momento final, onde Guy afirmava que iriam caminhar até o por do sol de forma poética e quase de mãos dadas com a esperança encontrada na fé. Eles ficam presos e sem esperança.


E neste momento, Grug tem uma simples ideia. Pegar Guy e o arremessar o mais longe possível para o outro lado seguro do precipício de lava. A cena em si é dramática pois significa que Grug arremessaria cada um de sua família para a segurança com a certeza de que ficaria para trás. A responsabilidade final de um patriarca perante a sua família.


Depois que Guy mostra que é possível jogar todos os Croods para o outro lado do precipício de lava, Grug se despede emocionado de toda a sua família a medida que os deixa ir em segurança. Se despede de seu filho, de sua esposa, de sua filha neném, da própria sogra que finalmente reconheceu seu valor e por fim de sua filha mais velha que relutantemente o deixou.


Grug é deixado sozinho enquanto a montanha se despedaça.


A Jornada de volta a família

Ao final do filme, Grug deve então fazer a sua jornada ao encontro de sua família. Não apenas atravessando um enorme desfiladeiro com lava enquanto o mundo atrás de si desmoronava, mas também salvando cada um dos bichinhos de estimação que apareceram para dar o ar da graça durante o filme.


É um longa metragem simples, muito bem animado e sem pretensão nenhuma. Uma boa diversão para as crianças que rendeu um seriado animado e uma continuação.


Por Marcio Strzalkowski

Força e Honra!


Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page