top of page
  • Foto do escritorMarcio strzalkowski

Homem Aranha – Sem volta para casa

Quando eu falo do Homem Aranha, adoro explicar sobre o antigo conceito de cavalheirismo e jornada do herói! A jornada do herói é a clássica história que narra o caminho desde origem e infância do jovem até descobrir seu objetivo em vida. A partir de seu objetivo, existe todo o crescimento físico, o crescimento nos estudos e principalmente o crescimento de amadurecimento até que o jovem se torne um herói!

O Homem Aranha também é a síntese moderna do cavalheirismo. O jovem que possui uma jornada própria como um guerreiro altruísta pela justiça. E no filme Homem Aranha – Sem Volta para Casa, conseguiram sintetizar a essência do personagem em mais de 20 anos de Homem Aranha nos cinemas! Vamos ao review machista cheio de valores morais!


Homem Aranha – Sem Volta para Casa

Dirigido por Jon Watts

Escrito por Chris McKenna e Erik Sommers

Baseado na literatura de Stan Lee e Steve Dikto

QUADRINHOS TAMBÉM SÃO LITERATURA!


Peter Parker Superstar!

A história deste filme é diretamente conectada a história de Homem Aranha – Longe de Casa, onde o vilão Mistério manipula a mídia e termina o filme revelando a identidade secreta do Homem Aranha como Peter Parker!

Temos a presença de J. K. Simmons de volta como J. Jonah Jameson. Apresentador do The Daily Bugle e pior jornalista da história! Com manipulação dos fatos, fotos e imagens! Hoje trabalharia na Globo ou na CNN! E ele acusa o Homem Aranha pela morte de Mistério sem questionar o fato do amigo da vizinhança ter salvado o universo junto com os Vingadores!

Preciso mencionar que a atriz Zendaya voltou linda e engraçada nesse filme?

Lógico que a MJ iria se atrapalhar toda junto com o Peter Parker pelos telhados de Nova York! Mal Peter Parker ficou famoso e uma gorda feminista já tenta fazer uma falsa acusação contra ele! O filme mostra bem que em um mundo polarizado por politica, pessoas ficaram polarizadas entre acreditar no Homem Aranha ou acreditar em Mistério! E isso atinge Peter Parker onde dói mais, que é justamente nos amigos e na tia May!

São diversas ameaças de processos, policia, um advogado cego e as notas de Peter e seus amigos são rejeitadas na faculdade! Peter não se importa de estar com a vida destruída, mas sim de seu amigos, sua namorada e sua Tia sofrerem as consequências de seus atos...


O Estrago Supremo

Doutor Estranho é um imbecil que possui o cargo de Mago Supremo! Doutor Stephen Strange, o homem que conseguiu criar briga com Tony Stark antes de uma batalha contra o Titã Louco que ameaçava o universo! O personagem tem poderes das artes místicas, consegue conjurar feitiços em proporções de multiverso e já passou a perna em Dormammu, um Deus da Dimensão Negra no final dos tempos!

No começo deste filme, o Estrago Supremo conseguiu seu cargo de volta mesmo depois de ver Wong, que estudou décadas mais e estava mais bem preparado, como Mago Supremo por cinco anos. E lógico, voltou ao cargo mais importante do planeta como um incompetente e irresponsável. Pior que a Capitã Feminazi e ela ainda pode botar toda a culpa no feminismo!

Lógico que o personagem viu o filme anterior do Homem Aranha, viu o vilão Mistério caguetar o Cabeça de Teia e amigo da vizinhança sobre sua identidade secreta de Peter Parker, e o Mago Supremo não fez nada!

Peter Parker chega ao Sanctum Sanctorum - O Lugar Sagrado dos Lugares Sagrados!

E lógico que o Doutor Strange, como bom incompetente e irresponsável, conseguiu deixar um portal aberto e a neve cobriu o edifício.

Ao saber sobre o pedido de Peter Parker para consertar a sua vida, Stephen Strange poderia ter tido a ideia simples de revelar o que aconteceu na luta do Homem Aranha contra o Mistério, pois a verdade liberta. Poderia ter feito as pessoas esquecerem o que Mistério disse sobre Peter. De fato, ele poderia simplesmente ter chamado toda a imprensa e falar de como o Homem Aranha lutou contra Thanos duas vezes para salvar o universo, sem precisar usar magia!

Mas como estou falando de um personagem incompetente e irresponsável, Doutor Strange decide usar o feitiço de apagar a memoria das pessoas que faz depois das festas de arromba no Sanctum Sanctorum! Um feitiço tão poderoso que explica porque Clube dos Cafajestes não é um filme da Disney!

Lógico, decide fazer o feitiço sem ajuda e sem perguntar pro Peter o que ele precisa. Dai o Peter Parker precisa ficar corrigindo o feitiço a toda hora enquanto o Estrago Supremo fica quebrando as barreiras do multiverso!

E como é um feitiço que o Doutor Strange já tinha usado antes, fico imaginando quantas vezes ele destruiu o universo tentando esquecer as continuações de American Pie e sempre lembrando que até o pior filme de American Pie tem cenas e piadas boas! Puff, deve ter destruído o multiverso diversas vezes!


O feitiço que deu Merlin!

Lógico que o feitiço deu errado e o Doutor Strange faz de tudo pra botar a culpa no Peter Parker! E na tentativa de consertar a própria vida, Peter dá de cara com ninguém menos do que Otto Octavius, voltando trazendo de volta o ator Alfred Molina diretamente de Homem Aranha 2 de 2004, 19 anos de diferença!

E para entender a gravidade da situação, o Doutor Octavius é um dos inimigos mais fortes e ágeis a atacar e vencer o Homem Aranha! Carros são jogados, a ponte é danificada e temos horror generalizado enquanto Doutor Octavius enfrenta o Homem Aranha!

Doutor Octavius definitivamente vence o Homem Aranha, rouba a sua tecnologia desenvolvida por Tony Stark e o desmascara! Mas para a sua surpresa, este não é o Peter Parker que ele conhecia!

Doutor Octavius é então derrotado por pura sorte. Mas não existe motivo para comemorar enquanto a sombra de outro inimigo que nunca conheceu paira sobre eles.

O Feitiço deu muito errado!


Se eles morrerem, que seja!

Para entender o que está acontecendo, Peter, sua namorada MJ e seu amigo Ned vão conversar com o Mago Supremo e descobrem que o feitiço que fez todos esquecer o final de Homem de Ferro 3 também trouxe todos os inimigos de 20 anos de Homem Aranha no cinema!

Por exemplo, Thomas Haden Church volta como Flint Marko depois de 14 anos.

Personagem com o poder mais esdruxulo de se tornar um monstro de areia. Porém, com a história trágica de ter se voltado para o crime para sustentar a família até que em um assalto, ele matou um gentil idoso com o noe de Benjamin Parker. Condenado pelo crime e corroído pela culpa, Flint Marko foi rejeitado pela mulher que amou e não pode mais viver com sua filha.

Se tornou um monstro em um acidente e desde então se tornou um inimigo do Homem Aranha!

Rhys Ifans volta como Dr. Curt Connors, o Lagarto depois de 9 anos.

Aqui eu vou defender que a fonte da literatura de Stan Lee é muito melhor que no filme O Espetacular Homem-Aranha. Na fonte original, Curt Connors é humanizado com uma família que o ama e sofre com as suas transformações no cruel Lagarto.

Jamie Foxx também volta como Max Dillon, o Electro depois de 7 anos.

E volta bem. O ator passou anos malhando em outros projetos e fez seu retorno com uma boa cena de ação contra o cabeça de teia.

E por último, temos ninguém menos que Willem Dafoe como Norman Osborn!

Completando quase 20 anos de Homem Aranha no cinema, Willem Dafoe volta tentando superar os seus problemas com a personalidade de Duende Verde. Ele literalmente quebra a mascara clássica de Duende Verde e decide procurar por ajuda de Peter Parker!

Depois de reunir todos os vilões de todos os filmes clássicos de Homem Aranha, então temos o Mago Supremo afirmando que todos vão voltar aos seus universos originais no ponto exato de onde saíram. Pouco antes de suas próprias mortes! E as palavras de Doutor Strange são claras: Se eles morrerem, que seja!


O que faz o Homem Aranha?

A partir deste ponto, tudo o que o filme apresenta são cenas de ação e lições de moral que devemos conversar com as crianças! Temos que falar com as crianças sobre o Homem Aranha fazer o que é certo!

O Homem Aranha decidiu por não matar os seus maiores inimigos. Ele questiona e até entra em uma cena de ação espetacular com o Doutor Strange! Ele não aceita a autoridade do Mago Supremo e decide pelo menos tentar ajudar os seus maiores inimigos! Aqui eu vou defender essa sequencia! Mostrar o Doutor Strange como irresponsável, incompetente e iniciando uma briga com o Homem Aranha é a pura essência do personagem falho! Assim como mostrar o Homem Aranha usando a mais pura inteligência para prender o Doutor Strange para defender a vida de seus maiores inimigos é a mais pura essência de lição de vida para as crianças!


Não se pode consertar todas as pessoas

Com a ajuda de Norman Osborn, Peter Parker realmente tenta ajudar os seus maiores inimigos em uma cena pra lá de emotiva e engraçada! O primeiro a ser ajudado é justamente o Doutor Octavius. Que por estar sendo controlado mentalmente pelo circuito queimado de seus próprios braços mecânicos, corresponde a uma pessoa sofrendo uma doença mental! A cena onde o Doutor Octavius finalmente consegue conversar com Norman Osborn e Peter é emocionante.

Depois disso, Peter, Osborn e Octavius planejam ajudar os outros. Eles fazem uma cura para o Lagarto e um artefato para retirar boa parte da energia de Electro.

Tudo ia bem até que o instinto de Aranha começou a avisar Peter Parker!

A personalidade do Duende Verde toma conta de Norman Osborn e assim se inicia uma espetacular cena de ação com a lição de vida sobre o fato de que não podemos consertar todas as pessoas.

Para todas as pessoas que ficaram indignadas sobre o fato de Norman quebrar a mascara clássica do Duende no começo do filme, agora temos o absoluto horror da cena de ação com o rosto real de Willem Dafoe! O ator que já foi o mais assustador Jesus Cristo do cinema! É absolutamente assustador ver Willem Dafoe trocar socos com o Homem Aranha como se não estivesse sentindo nada! Ainda mais se as pessoas souberem que o ator fez questão de participar das cenas de ação sem dublê e pela absoluta diversão! 66 anos!


A Tia Tomei

Se já existia antes motivo para amar Marisa Tomei, além de ela ser linda, talentosa, ter ganhado um Oscar por Meu Primo Vinni e ser super engraçada como a Tia May. Então agora é a vez de se apaixonar de todo coração por ela!

Nos filmes do Homem Aranha pela Disney, Marisa Tomei interpretou a Tia May e sempre foi engraçada. Mas ela sempre esteve presente como alguém que era o porto seguro para Peter Parker. Fazendo uma analise mais profunda ainda, a personagem da Tia May sempre esteve lá para apoiar Peter Parker, mesmo que na literatura dos quadrinhos ela tenha levado décadas para descobrir sua identidade secreta. Mas nos filmes da Disney, ela descobriu desde o primeiro filme e apoiou Peter Parker sabendo de seu caráter heroico!


E mais do que isso, ela sempre o apoiou e sempre ajudou em trabalho comunitário para os mais pobres. Neste filme, foi ela quem primeiro conversou com Norman Osborn, lhe deu ouvidos, um prato de comida e até algumas roupas.

Quando Peter falou em se livrar dos bandidos, foi ela quem lhe deu uma importante lição sobre ajudar as pessoas e não abandonar elas. A tia May é exatamente uma heroína entre as pessoas normais! Todos adoram falar sobre o quanto a personagem linda por ser interpretada por uma linda atriz e esquecem que tudo o que a personagem significa, suas atitudes e suas lições sempre estiveram lá na literatura, nos filmes onde foi interpretada por outras atrizes e no trabalho inteiro de Marisa Tomei. É mais profundo. A Tia May é linda na alma!


Aqui, depois de Peter Parker tentar ajudar os seus piores inimigos e mesmo assim ser traído, Tia May é atacada cruelmente por Norman Osborn, em sua dupla personalidade de Duende Verde, e morta enquanto ele coloca toda a culpa em Peter Parker!

Sua morte é triste e teria tudo para destruir o coração do jovem Peter. Mas então ela mesma diz a frase: Com grandes poderes vem grandes responsabilidades!

Isso é lição de vida que deveríamos conversar com as crianças até em escola...


O Aranha Verso!

Por absoluta mágica, Tobey Maguire e Andrew Garfield retornam como suas versões antigas de Peter Parker! Mostrando que o amigo Ned foi capaz de usar um anel mágico pela primeira vez e fazer uma mágica melhor que o Mago Supremo! O que tá de boa com o caráter de incompetente e irresponsável do Doutor Strange!

E o encontro de três gerações de Homens Aranha é o ponto alto do filme em cenas que vão do absoluto da comédia ao ponto de emoção! A cena dos três juntos no alto do prédio conversando sobre a Tia May, o Tio Ben e a Gwen Stacy são de levar as lágrimas! A emoção que os três atores passam em tela são de absoluta dor. Sequencia digna de Oscar!


Eu tentei fazer o melhor para ajudar vocês!

Antes de mais nada, eu tenho que ter a humildade de reconhecer que existe a discussão sobre matar ou não inimigos tão poderosos e perigosos. E para defender uma boa lição de vida sobre perdão e redenção em um filme bom, eu vou recorrer a outros filmes bons!

Em Superman de 1978, o herói não mata Lex Luthor mesmo que ele tenha planejado um genocídio! O Herói não é juiz e nem mesmo executor. Ele deixa a lei cuidar do vilão. Já em todos os filme sobre Batman, existe o contexto onde Batman realmente mata ou ao menos deixa os vilões morrerem no meio de suas batalhas. Porém, Batman não faz isso feito um psicopata e podemos ver ele claramente tentando salvar a vida de seus mais odiados vilões. Os filmes do Capitão América nunca mostram o herói matando inimigos fora do contexto do combate. Os próprios filmes do Homem Aranha sempre mostram os vilões morrendo em decorrência de seus combates com o herói.

Logo: Eu gosto da importante lição sobre perdão e redenção!

Acho a lição de perdão e redenção importante para crianças. E o filme Homem Aranha – Sem Volta para Casa responde a importante questão sobre se cada versão do Homem Aranha estaria disposta a salvar, perdoar e redimir até mesmo seu pior inimigo! É uma importante lição a se discutir com crianças e adolescentes.

O final do filme não é tanto sobre as cenas de ação de tirar o folego. Mas sim sobre redenção. Sobre os Homens Aranha tentando desarmar e até ajudar seus piores inimigos.

O Doutor Octavius deve ser considerado como doente mental incapaz de responder pelos próprios atos. E seu caminho de redenção é ajudar os Homens Aranha!

Max Dillon, o Electro, reconhece seus erros e entende que pagará por seus crimes do jeito que deve ser, pela lei! Ele tem até mesmo uma conversa madura com Peter sobre começar a ajudar as pessoas.

Curt Connors, o lagarto, volta ao seu estado humano e será tratado de acordo com seus crimes.

Flint Marko, o Homem Areia, tem uma importante conversa com Peter de Tobey Maguire justamente por ser responsável pela morte de Tio Ben. É importante notar como ele não é verdadeiramente derrotado ou contido. Mas sim que ele simplesmente para de lutar como se ele se entregasse. Conversar e ser perdoado é mais importante do que lutar.

Em uma cena, a MJ de Zendaya é jogada de cima do prédio. Ela é heroicamente resgatada pelo Homem Aranha de Andrew Garfield, que em sua trágica história vivenciou a morte de sua namorada Gwen quando não conseguiu resgatar ela de uma queda. Quando ele se jogou, agarrou MJ e chegou ao chão em segurança, podemos sentir toda a dor dele em vivenciar de novo esse momento e a emoção de salvar MJ.

Cada inimigo do Homem Aranha acaba ajudado e existe um dialogo importante sobre ajuda, perdão e redenção. Isso leva ao caso do combate entre os Homens Aranha e Norman Osborn.

O Homem Aranha de Tom Holland tem a chance de se vingar de Norman Osborn. Ele quase mata Norman Osborn. E é impedido exatamente pelo Homem Aranha de Tobey Maguire, que mais sofreu com o vilão perdendo até seu melhor amigo. É uma importante lição sobre perdão, sobre não deixar um amigo cometer um erro que vai se arrepender depois e sobre a redenção do pior inimigo do Homem Aranha!

Essas são lições de moral que devemos conversar com as crianças antes de dormir. Principalmente em tempos de Doutrinação Paulo Freire onde genocidas como Chê Guevara, Lenin, Stalin e Mao Zedong são apontados como heróis por professores que cometem o crime de adestrar as crianças.

E espero que o meu texto tenha ajudado a vocês...


Por Marcio Strzalkowski

Força e Honra!

Posts recentes

Ver tudo

תגובות


bottom of page