top of page
  • Foto do escritorMarcio strzalkowski

Beekeeper – Rede de Vingança




The Beekeeper (2024)

Dirigido por David Ayer

Escrito por Kurt Wimmer

 

Jason Statham, porra!

Filme machista com valores conservadores e libertários que chega aos cinemas no final do primeiro governo de Joe Biden! Cheio de corrupção e tentativas de controle do que as pessoas podem falar ou pensar.

Focado em um agente de fora do Estado destruindo diversos princípios do governo americano para alcançar a simples justiça.

 

Logo, um olhar mais critico sobre o filme revela uma importante mensagem que serve para governos que se sustentam da corrupção e de sistemas controlados. Uma mensagem que serve para o Atual Canadá, para Cuba, para a China, para a Venezuela e especialmente para o Brasil.

 



Eloise Parker – O Respeito às mulheres

É importante explicar o lado humano do filme antes da ação começar.

Eloise Parker, vivida pela atriz Phylicia Rashad. É uma professora aposentada que vive em sua fazenda. Ela possui algumas poucas economias e gerencia uma organização beneficiente. Ela recebe doações em dinheiro e faz caridade. É uma mãe carinhosa que organiza caridade.

 

E ela aceita a presença de um apicultor sem muita coisa a oferecer a não ser serviços simples. Ele consertaria pequenas coisas, cultivaria mel e viveria em seu celeiro.

 

Roubo

A pratica do phishing, que é um golpe comum que atinge pessoas idosas. Os criminosos aplicam golpes para ganhar a confiança das pessoas e ter acesso as suas contas bancárias.

A cena do roubo é de um contraste impar. De um lado da linha tem Eloise Parker como uma idosa inocente que só quer consertar seu computador para ter salvo as fotos de família.

E do outro lado, temos uma equipe inteira de criminosos prontos a roubar todas as economias dela enquanto comemoram com palavrões.

 

Ao digitar a sua senha do banco, Eloise Parker tem todas as suas economias no valor de mais de 2 Milhões de Dólares roubada!

 

Desesperada, Eloise Parker comete suicídio.

 

 



O Apicultor

Jason Statham vive o apicultor Adam Clay (Adão de Barro). A coisa mais injusta do mundo é comparar seu filmes com os filmes de John Wick, sendo que Jason Statham realmente já fazia a revolução dos filmes de ação de sucesso desde seus filmes Carga Explosiva. E antes dele, as formulas de filmes de ação com atores que eram seus próprios dubles já vinha de Jackie Chan. E reconhecendo o trabalho de Jason Statham, sabemos que vem coisa boa.

 

Para continuar explicando sobre o respeito às mulheres, faço questão de explicar sobre a agente Verona Parker, vivida pela atriz Emmy Raver-Lampman. Filha de Eloise Parker e que terá destaque em investigar toda a história paralela aos eventos.

 

O filme apresenta uma das primeiras analogias sobre colmeias:

“Atacar uma pessoa idosa é até mais covarde do que atacar uma criança. A criança pode ter os pais para proteger ela. Já as pessoas idosas ficam sozinhas e indefesas contra as vespas.”

 

A primeira cena de ação é justamente Adam Clay demonstrando que possui métodos de acessar investigações acima do próprio FBI para descobrir qual foi o Call Center que aplicou o golpe em Eloise Parker.

 

Ele vai especialmente no endereço do prédio onde o Call Center funciona, explica para os seguranças que vai colocar fogo em tudo e adentra o prédio!Vamos a analise politica

Se o crime organizado possui milhões de empregados e movimenta a economia em milhões todos os dias, então o papel de um Estado corrupto é proteger o crime organizado!Se o Tráfico de Drogas possui Milhões de empregados e movimenta a economia com Milhões todos os dias, então o papel de um Estado corrupto é exatamente proteger o tráfico de drogas!

Sistemas de roubo de informações utilizam programas do governo para movimentar milhões todos os dias. Roubando de pessoas inocentes.

 

Levando a uma discussão justa sobre o Direito do cidadão honesto se defender do crime e do governo.

 



Analise da porradaria

A porradaria explica o personagem e suas ações. Adam Clay chega pela porta da frente do estacionamento, praticamente chama a atenção dos dois seguranças e então desce o braço! Com detalhe que ele explica que o prédio possui uma operação ilegal de roubo de informações e dinheiro de pessoas idosas.

Ele explica suas motivações, demonstra que o personagem está no controle de suas habilidades. O personagem é violento, porém, não injusto. Ele desarma os seguranças e os retira de ação.

 

 

Heroi ou vilão?

Preste atenção, é de absoluta importância que todos os meus 7 leitores entendam que é preciso questionar as ações e motivações dos personagens!

O personagem adentra o prédio, explica para uma secretária que vai ter um incêndio no prédio inteiro e que é melhor ela esvaziar as outras lojas.

 

Em seguida, dentro da central de ligações e roubos, ele mete a porradaria nos bandidos, faz todo mundo repetir que não vai roubar de novo e sai na porrada com seguranças armados. Ele arma a bomba e deixa que a próxima ligação detone todo o local, deixando os seguranças para morrer.

 

Logo, questionar as ações de Adam Clay faz parte da obra.

 



As apostas aumentam

Com a destruição de um prédio de 30 milhões de dólares que virou um cinzeiro, acabamos conhecendo o dono do esquema. Derek Danforth, vivido pelo ator Josh Hutcherson e chefe de todo o esquema de corrupção do sistema de informação dos Estados Unidos.

Assim como conhecemos um senhor que trabalha com ele, ninguém menos que Jeremy Irons vive o chefe Wallace Westwyld, e está se divertindo como nunca com as falas de seu personagem! Wallace Westwyld é ex chefe da CIA! Isso implica o governo dos Estados Unidos envolvido com o Call Center e o roubo de dinheiro de inocentes.

 

A pirâmide de poder subiu consideravelmente. E agora o capanga do Call Center deve chamar outros capangas e brincar de Poderoso Chefão com Adam Clay.

 

A cena a seguir mostra Adam Clay preparando o local onde vive para fazer armadilhas utilizando o barulho do maquinário. Com as maquinas fazendo barulho, fica mais fácil pegar todos os bandidos que foram atrás dele.

 

Como sempre, a cena é rápida, porém muito bem feita na execução. O filme mostra Jason Statham desarmando e matando criminosos de forma satisfatória. E o cabeça da operação saiu vivo, só que sem os dedos. Deixar o cabeça vivo é uma tática para esperar ele chamar seu superior, seu chefe, e identificar seu chefe.

 



A agente Verona Parker faz toda a investigação da morte de sua mãe quando começa a descobrir que a Call Center foi destruída por Adam e que agora atacaram a casa de sua mãe. A investigação de Verona Parker vai ficando cada vez mais assustadora a medida que os corpos são empilhados.

 

 



Até onde chega o poder?

A partir do momento onde o império de Derek Danforth é ameaçado, podemos ver até onde chega o poder. Pois agora temos Wallace Westwyld em jogo, e Jeremy Irons se diverte muito com o personagem.

 

Wallace Westwyld foi chefe da CIA por 33 anos e conta a história de como o Governo dos Estados Unidos criou agentes fora-da-lei para derrubar instituições corrompidas. Os apicultores são um grupo código. Um apicultor não faz parte de uma colmeia de abelhas, ele entende que a colmeia possui estruturas complexas para funcionar sem ele. Porém, ele tem todo o poder para intervir quando algo não está bem.

 

Ou seja, Adan Clay é um agente que recebe suas ferramentas do próprio governo para intervir no governo.

 



E chegamos a Abelha Rainha

A Presidente Danforth, vivida pela atriz Jemma Redgrave, ela é exatamente a figura encarnada de Hillary Clinton! Uma hipocrita que é conivente com drogas, corrupção e terrorismo manipulando os agentes das maiores agencias de informação, espionagem e investigação! Além de mãe de Derek Danforth!

 

Com o poder da própria Presidente dos Estados Unidos, o ex chefe da CIA vai usar recursos do governo para proteger um esquema poderoso de corrupção e roubo.

 

 

 



Fim do Review?

Como sou malvado, meu review vai parar por aqui para evitar contar o final do filme. Assim como para criar o interesse em ver o filme.

 

Os assuntos abordados no filme são exatamente o quanto que um governo corrupto precisa se equilibrar na corrupção. A Presidente Danforth, vivida pela atriz Jemma Redgrave, é literalmente a cabeça do sistema que usa outros sistemas para continuar no poder e fingir que não sabe de nada!

 

Mesmo que no final explosivo do filme, seja a presidente dos Estados Unidos em sua casa pessoal na praia com agentes do estados, FBI, drogas, seus filho corrupto, e é claro, terroristas mercenários! Qualquer cidadão honesto tem o direito moral de se defender contra um governo desses!

 

Lembrando que devemos criticar se o personagem de Adam Clay é o herói ou o vilão do filme...

 

Por Marcio Strzalkowski

Força e Honra

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page